domingo, 18 de dezembro de 2011

Coisas Que Eu Sabia Antes do MSN e Facebook - Hipérbole


Facebook e MSN são pragas do mundo moderno.É definitivamente assustador o poder que esses mecanismos têm, no sentido de influenciar a vida e a conduta das pessoas.São vetores desinibidores.Seus efeitos são comparados aos efeitos causados por um copo e meio de Pérgola ou o de três garrafas de “litrão”.Porém, o que mais me preocupa nas redes sociais,digo isso indubitavelmente, é o controle que elas exercem sobre nosso desenvolvimento intelectual - e não fiquem frustrados, mudo de um assunto pra outro muito rapidamente.É incrível como somos levados à futilidade de forma totalmente involuntária.Sou uma prova viva do mal que as redes sociais fazem ao indivíduo.Antes dessas 'redes' sociais entrarem na moda, sabia, aprendia e me lembrava de muita coisa.Sabia a região,o país e a localização de todas as 'oito' maravilhas do mundo antigo e moderno.Sabia e estava por dentro de todos os detalhes envolvidos na morte do Arquiduque Francisco Ferdinando.Gostava de ler, gostava muito de ler.Amava livros.Já tinha lido O Alienista antes de chegar aos 12 anos – hoje provavelmente isso seria motivo de bullying.Sabia tudo de Joaquim Maria Machado de Assis e suas duas fases.Entendia que todos nós temos mais de uma fase na vida. GRAMÁTICA para mim não era DRAMÁTICA.Gravava todos os ditongos, tritongos e hiatos. Coletivo?  Sabia até os coletivos dos próprios coletivos.No inglês, manjava do past, present e future, não importando se era simples, perfeito ou contínuo. Brocava em equações do segundo grau. Mandava ver em geometria e usava com perícia o compasso e o esquadro.Sabia medir, com precisão, a latitude, longitude, altitude e tudo que terminasse com 'tude'! Sabia explicar como funcionava um pêndulo.Lembrava facilmente a posição dos planetas no sistema solar, sem precisar de “Minha Vó Tem Muitas Jóias, mas Só Usa No Pescoço”.Era apaixonado por química orgânica.Sabia as características de todos os Hidrocarbonetos, dos Alcanos aos Aromáticos. Fazia trocadilho com os que possuíam um ou quatro átomos de carbono. Gostava de Educação Artística, Técnicas Agrícolas, PEI e etc. Sabia a escala toda de Dó e do Fá. Era vidrado em notícias, não perdia um JN. Mesmo com tudo isso, nunca perdi uma única noite sequer estudando. Hoje, durmo tarde todos os dias por causa dessas duas pragas!*. Percebi o efeito retrógrado da tecnologia sobre meu aprendizado, quando, em meio a uma conversa descontraída, larguei um clássico vácuo sem o 'u'(vaco).Depois, conjuguei o verbo pedir como ‘pessa’ e bati de frente com uma amiga jurando que estava correto.Não sei se estou usando as redes sociais como subterfúgio da minha preguiça de ler e estudar, mas, no mínimo, elas consomem muito tempo que poderia ser usado em coisas mais interessantes, como por exemplo, escrever um texto. Esse texto está sendo redigido com o Face logado, diga-se de passagem. Redes sociais viciam e ninguém está imune a isso. Provavelmente postarei esse texto em meu blog e colocarei no mural do Facebook – porque só assim as pessoas irão perder tempo lendo algum texto em meu blog. Ah, e se por acaso você gostar, dê um curtir ou fale comigo pelo MSN.





*São exatamente 00:52 e estou conectado.



Coisas Que Eu Sabia Antes do MSN e Facebook - Hipérbole
Marcos Sorvane

Nenhum comentário:

Postar um comentário