quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Conversa Mole - por Marcos Sorvane

O amor sempre nos prega uma peça! Quando pensávamos que dessa vez até que poderia dar certo, não deu. A gente se resguarda, fica de boa, sai com os amigos, e de repente, aparece aquela pessoa que parece até ser interessante, mas no fundo, bem no fundo, você sabe que ainda não é ela. Mas, como dizia meu pai, miséria quando vem só vem em cacho, e dona Eva, além da curiosidade, deixou outra grande e insistente herança: a teimosia! Isso mesmo! É a teimosia que faz nos aproximarmos de uma pessoa mesmo sabendo que ela não é “a pessoa”,e, com toda cara de pau do mundo, mentimos pra nós mesmos dizendo: Que nada, é só conversa mole, sem pretensões!


Não é de se admirar que essa conversa mole, de mole não tem nada, e quando menos se espera, pronto! A conversa era tão mole que perfurou o campo de força de alguém. Houston, we have a problem! Aquela pessoa que apareceu na roda de amigos, que você até achou interessante, mas sabia que ainda não era ela, e que mesmo assim você se aproximou dela achando que era só conversa mole e sem pretensões, agora está completamente envolvida com você. E agora José? E agora você? Ela não vai parar de mandar mensagens, não vai parar de te ligar, até que você diga um categórico, objetivo, esclarecedor e convincente: NÃO!

O pior, é que só agora você percebe que era melhor ter ficado na sua lá na mesa com seus amigos, contando os podres um do outro, bebendo um refrigerante que já estava quente de tanto esperarem a demorada da comida que o garção ainda não tinha trazido. Esse seria um sacrifício bem menor do que o de perder uma possível amizade, frustrar as expectativas de alguém, ou na pior das hipóteses, contribuir com mais um caso de depressão na sociedade. Pensando bem, não é o amor que nos prega uma peça, e sim nós mesmos. Se sabia que não era a "pessoa", porque insistir ? O interessante – e o mais engraçado também – é que toda vez em que saímos de uma situação dessas, dizemos aquele velho papo furado: Nããããão! Da próxima vez não vou deixar isso acontecer novamente!Mas cá pra nós, algum de vocês já conseguiu cumprir esta promessa?

Se não conseguiu, continue tentando. Estabeleça alvos, estude, saia com a galera ou escreva textos idiotas e mande pra seus amigos via e-mail. Agora, para aqueles que conseguiram cumprir esta façanha, meus parabéns!
Ignore tudo o que eu disse, pois para vocês, isso tudo não passa de uma conversa mole.

Nenhum comentário:

Postar um comentário